fbpx
Visualizações: 112

Nota: Após a noticia, mensagem de António Guterres, Secretário Geral das Nações Unidas.

Há semelhança dos anos anteriores, a Câmara de Sintra associa-se ao projeto “Hora do Planeta”, organizado pela World Wildlife Fund (WWF), a iniciativa já conhecida pela maioria dos cidadãos, consiste em desligar a iluminação pública durante 60 minutos, com o objetivo de mudar o rumo às alterações climáticas que têm vindo a ocorrer nos últimos anos.

Sintra vai cair assim na escuridão, neste sábado, dia 24 de março, durante uma hora, a partir das 20h30. Os monumentos icónicos do Concelho como o Palácio Nacional de Sintra, Castelo dos Mouros, Palácio de Monserrate e o edifício dos Paços do Concelho, assim como 85% da iluminação pública do município irá ser desligada, durante a iniciativa.

Em nota oficial, A autarquia “convida a população a aderir a esta causa que vai juntar centenas de milhões de pessoas em todo o mundo, numa ação simbólica em defesa do ambiente” e pela necessidade de mudar comportamentos em nome da defesa e conservação da Terra.

Com origem na cidade de Sidney, na Austrália, no ano de 2007, a Hora do Planeta é uma iniciativa da WWF, tendo sido marcada por 2,2 milhões de pessoas e mais de 2.000 empresas que apagaram as luzes por uma hora, numa tomada de posição contra as mudanças climáticas.

Assim, entre as 20h30 e as 21h30, vários municípios e monumentos ficam às escuras, acompanhando a iniciativa da organização internacional de proteção da natureza, decorrendo em muitos países do mundo, numa ação simbólica para alertar para a necessidade de mudar comportamentos em nome da defesa do nosso maravilhoso planeta.

Assista abaixo à mensagem de António Guterres, Secretário Geral na Nações Unidas.

[fvplayer src=”https://www.youtube.com/watch?v=4o_9xcYRSgs” width=”100%” height=”500″]